Gestão Estratégica de Risco

Programa:

1- Benefícios e Aplicações da Gestão de Risco

  • Conceitos básicos, termos e definições:
    • Gestão de Risco Estratégico, Operacional, Financeiro e Riscos em ambiente de Gestão de Carteiras de Projetos/Portefólio
  • Standards da Gestão de Portefólios, Programas e Projetos
  • Desenvolvimento de competências em Risk Management
  • Introdução às normas ISO de Risk Management:
    • Âmbito
    • Princípios
    • Estruturas e Processos de Gestão de Risco
    • Financiamento de Riscos
    • Utilização da norma internacional ISO/IEC 31010:2009
  • Componentes da estrutura para gerir ameaças e oportunidades

2- Elementos principais do processo de Gestão de Risco

  • Comunicação e consulta,
  • Estabelecimento do contexto,
  • Identificação de riscos,
  • Análise de riscos,
  •  Avaliação de riscos: tratamento de riscos, monitoramento e análise crítica

3- Conceitos de Risk Assessment

  • Finalidade e benefícios;
  • O Risk Assessment e a estrutura para gerir riscos;
  • O Risk Assessment e o processo para gerir riscos.

4- Processo de Risk Assessment

  • Identificação, análise e avaliação de riscos
  • Documentação
  • Monitorização e análise critica do processo de avaliação de riscos
  • Aplicação do Risk Assessment durante as fases do ciclo de vida de atividades, projetos e produtos

5- Comparação e seleção de ferramentas e técnicas de Risk Assessment

  • Fatores que influenciam a seleção
  • Disponibilidade de recursos
  • Natureza e Grau de Incerteza
  • Complexidade dos Riscos
  • Limitações de abordagem e técnicas de identificaçãoe avaliação de risco

6- Como identificar os riscos mais comuns em ambiente de programas e projetos 

  • Risk Breakdown Structure
  • Categorização
  • Técnicas e Ferramentas
  • Diagramas causa-efeito
  • Àrvore de Decisão e Logical Framework Approach
  • FFA – Force Field Analysis
  • Checklists e Técnicas de Brainstorming
  • A importância da análise de Stakeholders – Aspectos comportamentais da Gestão de Risco
  • Eventos incertos e o seu impacto em outras áreas de conhecimento da gestão de Programas, Projetos e Portefólio

7- A Atitude face ao Risco

  • “Apetite” ao risco
  • Fatores Comportamentais
  • Análise Qualitativa
  • Análise Quantitativa
  • Exemplos práticos
  • Estratégias de resposta

8- Monitorização e Métricas de Controlo

  • Finalidade e benefícios;
  • Estabelecimento de indicadores (Risk KPI’s);
  • O plano de registo e controlo de risco.

9- Serious Game

  • Stakeholders & Risk Management Catalyst Experience

Dirigido a:

  • Dirigida ao segmento de executivos composto Chefias de áreas de intervenção da Organização.

Objectivos:

Esta ação de formação visa desenvolver as seguintes competências :

  • Desenvolvimento de Pessoas a um nível de desenvolvimento médio/alto;
  • Competência de Liderança a um nível de desenvolvimento médio/alto.
  • Competência de Orientação para resultados a um nível de desenvolvimento médio/alto.

Métodos:

A formação terá uma abordagem centrada na clarificação de princípios, conceitos e boas-práticas e sua transferência para a realidade prática e concreta dos participantes. Esta abordagem metodológica consubstanciar-se-á em:

  • Alternância entre exposições teóricas e trabalhos práticos, discussões dirigidas com participação ativa do grupo;
  • Exercícios práticos – Em grupo;
  • Estudos de casos;
  • Jogos pedagógicos potenciadores da aprendizagem pela experiência;
  • Utilização de instrumentos práticos que poderão ser transferidos para contexto prático do participante.

Datas/Locais:

Início
Fim
Horário
Local

Se está interessado neste curso de formação, por favor, contacte-nos!




Ciclo: Gestão de projectos + Microsoft Project

Curso referenciado pelo PMI®

(são atribuídos 20 PDU’s para preparar ou manter a sua certificação)..

O planeamento e a gestão de um projecto são aspectos cruciais para o desenvolvimento das empresas em contextos competitivos. Através desta acção de formação os participantes abordam a gestão de projectos com recurso às melhores práticas de gestão de projectos, descritas nos principais referenciais internacionais (PMBOK; ICB e ISO 21500), complementada pela abordagem prática de um case study suportado no MsProject

Programa:

1ª parte – Gestão de projectos

1 – Projectos e Gestão de Projectos

  • Definição de Projecto.
  • Porque falham os projectos.

2 – Standards em Gestão de Projectos

  • Associações profissionais de Gestores de Projectos.
  • O “Project Management Body of Knowledge”.
  • Certificação em Gestão de Projectos.

3 – O “Gestor do Projecto”

  • O perfil do Gestor de Projectos.
  • Gestor de Projectos ou coordenação técnica de equipas de projecto.
  • A Gestão de Projectos como profissão.
  • Estruturas tipo Project Office.

4 – Definição de objectivos

  • Primeira etapa da abordagem do projecto.
  • Alvos, objectivos, requisitos, especificações.
  • Brainstorming.

5 – Metodologia da Gestão de Projectos

  • Ciclo de vida de um projecto.
  • Ciclo de vida da Gestão de Projectos.

6 – Definição de um projecto

  • Definição do âmbito detalhado.
  • Conteúdo da especificação de um projecto.
  • Estrutura do documento de especificação.
  • Definição de templates.

7 – Constituição de uma equipa

  • Pessoas, grupos e equipas.
  • O papel de liderança do chefe do projecto.
  • O líder técnico.

8 – Stakeholder Analisys

  • Gestão do risco.
  • Gestão da comunicação.

9 – Planeamento do projecto

  • Organograma de tarefas.
  • Definição das tarefas.
  • Duração de uma tarefa.
  • Estrutura do projecto.
  • Redes de projecto.
  • Pert/CPM.
  • Gráficos de Gantt.

10 – Início da execução do projecto

  • Criação de um plano base.
  • Acompanhamento da execução do projecto.
  • Reporting de desempenho.
  • Medição do avanço físico.

11 – Execução do projecto

  • Técnicas de controlo de execução.
  • Recolha de informação.
  • Alterações ao plano.

12 – Conclusão do projecto

  • Uma fase do ciclo de vida e não uma mera formalidade.
  • Relatório de conclusão.
  • Capitalizar resultados.

2 ª parte – Microsoft Project – Aperfeiçoamento

1. Introduzir o Microsoft Project como ferramenta de gestão de projectos

  • Iniciar um projecto.
  • Definição das opções.
  • Criação e alteração de calendários.
  • Abertura de um novo projecto.

2. Definir das actividades de um projecto

  • Criação de actividades; Hierarquia das actividades (WBS).
  • Actividades sumário; Visualização e alteração dos níveis de hierarquia.
  • Criação de milestones.
  • Tipos de actividades; Unidades de tempo; Duração das actividades.

3. Criar a estrutura de um projecto através de um referencial de cronograma e relação de actividades

  • Relações de dependência entre actividades;
  • Formas de criar as relações de dependência;
  • Tipos de relações de dependência.
  • Outras características de uma relação de dependência.

4. Alocar e definir os recursos

  • Recursos do projecto.
  • Tipos de recursos.
  • Criação de um recurso.
  • Parametrização e calendário de um recurso.
  • Formas de alocação de um recurso.
  • Afectação de recursos em função do tipo de actividade.
  • Duração vs. Trabalho;
  • Afectação a tempo parcial;
  • Sobrecarga de recursos.

5. Aprofundar as características de uma actividade

  • Definição de prioridades;
  • Criação de restrições de datas.
  • Introdução de notas e anexos;
  • Criação de uma actividade recorrente.

6. Aprofundar as características de um recurso

  • Definição da sua disponibilidade.
  • Criação de tabelas de custos.
  • Introdução de notas e anexos.

7. Caracterizar opções avançadas na gestão de custos e recursos

  • Criação e Aplicação de diferentes tabelas de custos.
  • Aplicação de Work Contours.
  • Definição e aplicação de overtime.
  • Criação de custos fixos numa actividade;
  • Afectação de recursos de custo fixo.

8. Visualizar o projecto e introduzir os gráficos de Gantt

  • Aplicação e formatação de outras views.
  • Aplicação e formatação de outras tables.
  • Aplicação de filtros.
  • Definição e ordenação de grupos.
  • Visualizar gráficos de Gantt e opções disponíveis.
  • Personalização da escala de tempo.
  • Formatação de grelhas.
  • Criação e alteração de tipos de barras e de texto.
  • Opções de impressão.

9. Analisar a alocação de recursos

  • O Resource Usage e o Resource Graph;
  • Identificação de sobrecargas;
  • Personalização das vistas.
  • Acrescentar informação às vistas.
  • Opções de formatação.

10. Resolver problemas de sobrecarga de recursos

  • Considerações sobre o nivelamento de recursos;
  • Definição de parâmetros para o nivelamento;
  • Aplicação e anulação do nivelamento;
  • Análise na vista de Detail Gantt.

11. Introduzir métodos de acompanhamento de um projecto

  • O Tracking Gantt; Criação de uma Baseline e de planos interinos.
  • Actualização dos dados do projecto;
  • Actualização dos dados de uma actividade;
  • Criação de uma interrupção no projecto.
12. Criar relatórios no MS Project
  • Tipos de relatórios.
  • Visualização, paginação e impressão.
  • Criação de relatórios personalizados.

13. Exportar e analisar dados noutras aplicações

  • Criação e aplicação de mapas de exportação.
  • Exportação dos dados para o Excel.

14. Introduzir métodos de planeamento com múltiplos projectos

  • Projectos e subprojectos.
  • Inserir um projecto noutro.
  • Relações de dependência inter projecto.

15. Partilhar recursos

  • Criação de uma pool de recursos.
  • Actualização da pool de recursos.
  • Análise consolidada de todos os projectos que partilham a pool.
  • Considerações adicionais.

Dirigido a:

  • Todos os Chefes de projectos;
  • Responsáveis de novos produtos;
  • Responsáveis de Obras;
  • Responsáveis de projectos de investigação e desenvolvimento, engenharia, introdução de novas técnicas de gestão;
  • Chefes de projecto de organização;
  • Dirigentes e Quadros Superiores chamados a participar em grupos de trabalho de um projecto.de Gestão.

Objectivos:

Uma formação que permite aos participantes:

  • dominar as técnicas e ferramentas necessárias à gestão corrente de projectos;
  • aplicar correctamente os instrumentos de apoio ao planeamento de projectos, através de uma abordagem metodológica que permita homogeneizar a informação em ambiente de projecto;
  • conhecer as ferramentas informáticas existentes para melhorar o planeamento, organização e controlo dos projectos;
  • utilizar o Microsoft Project no planeamento, acompanhamento e execução de um projecto.

Métodos:

  • Esta formação privilegia uma pedagogia alternando os aspectos metodológicos com o treino prático;
  • Utilização de um caso de estudo em que fica evidenciado o ciclo de vida do projecto e aplicação do mesmo numa ferramenta de gestão e controlo – Ms Project;
  • Trabalhos práticos de consolidação de conceitos teóricos.

Datas/Locais:

Início
Fim
Horário
Local
Se está interessado neste curso de formação, por favor, contacte-nos!




Microsoft Project – Aperfeiçoamento

Este curso permite-lhe estruturar a preparação, planeamento e gestão de um projecto através do Microsoft Project, definindo um cronograma de actividades e uma alocação efectiva de recursos.

Programa:

1. Introduzir o Microsoft Project como ferramenta de gestão de projectos

  • Iniciar um projecto.
  • Definição das opções.
  • Criação e alteração de calendários.
  • Abertura de um novo projecto.

2. Definir das actividades de um projecto

  • Criação de actividades; Hierarquia das actividades (WBS).
  • Actividades sumário; Visualização e alteração dos níveis de hierarquia.
  • Criação de milestones.
  • Tipos de actividades; Unidades de tempo; Duração das actividades.

3. Criar a estrutura de um projecto através de um referencial de cronograma e relação de actividades

  • Relações de dependência entre actividades;
  • Formas de criar as relações de dependência;
  • Tipos de relações de dependência.
  • Outras características de uma relação de dependência.

4. Alocar e definir os recursos

  • Recursos do projecto.
  • Tipos de recursos.
  • Criação de um recurso.
  • Parametrização e calendário de um recurso.
  • Formas de alocação de um recurso.
  • Afectação de recursos em função do tipo de actividade.
  • Duração vs. Trabalho;
  • Afectação a tempo parcial;
  • Sobrecarga de recursos.

5. Aprofundar as características de uma actividade

  • Definição de prioridades;
  • Criação de restrições de datas.
  • Introdução de notas e anexos;
  • Criação de uma actividade recorrente.

6. Aprofundar as características de um recurso

  • Definição da sua disponibilidade.
  • Criação de tabelas de custos.
  • Introdução de notas e anexos.

7. Caracterizar opções avançadas na gestão de custos e recursos

  • Criação e Aplicação de diferentes tabelas de custos.
  • Aplicação de Work Contours.
  • Definição e aplicação de overtime.
  • Criação de custos fixos numa actividade;
  • Afectação de recursos de custo fixo.

8. Visualizar o projecto e introduzir os gráficos de Gantt

  • Aplicação e formatação de outras views.
  • Aplicação e formatação de outras tables.
  • Aplicação de filtros.
  • Definição e ordenação de grupos.
  • Visualizar gráficos de Gantt e opções disponíveis.
  • Personalização da escala de tempo.
  • Formatação de grelhas.
  • Criação e alteração de tipos de barras e de texto.
  • Opções de impressão.

9. Analisar a alocação de recursos

  • O Resource Usage e o Resource Graph;
  • Identificação de sobrecargas;
  • Personalização das vistas.
  • Acrescentar informação às vistas.
  • Opções de formatação.

10. Resolver problemas de sobrecarga de recursos

  • Considerações sobre o nivelamento de recursos;
  • Definição de parâmetros para o nivelamento;
  • Aplicação e anulação do nivelamento;
  • Análise na vista de Detail Gantt.

11. Introduzir métodos de acompanhamento de um projecto

  • O Tracking Gantt; Criação de uma Baseline e de planos interinos.
  • Actualização dos dados do projecto;
  • Actualização dos dados de uma actividade;
  • Criação de uma interrupção no projecto.
12. Criar relatórios no MS Project
  • Tipos de relatórios.
  • Visualização, paginação e impressão.
  • Criação de relatórios personalizados.

13. Exportar e analisar dados noutras aplicações

  • Criação e aplicação de mapas de exportação.
  • Exportação dos dados para o Excel.

14. Introduzir métodos de planeamento com múltiplos projectos

  • Projectos e subprojectos.
  • Inserir um projecto noutro.
  • Relações de dependência inter projecto.

15. Partilhar recursos

  • Criação de uma pool de recursos.
  • Actualização da pool de recursos.
  • Análise consolidada de todos os projectos que partilham a pool.
  • Considerações adicionais.

Dirigido a:

  • Chefes de projectos e membros de equipa de projecto encarregada da gestão da planificação e do acompanhamento de projectos.

Objectivos:

No final da formação os participantes deverão ser capazes de:

  • estruturar e planear um projecto com o Microsoft Project;
  • utilizar o Microsoft Project no acompanhamento da execução de um projecto;
  • executar tarefas de adaptação do Microsoft Project às suas necessidades específicas.

Métodos:

  • Pedagogia baseada na metodologia hands on em que cada participante terá computador para experienciar os temas abordados e desenvolver exercícios práticos propostos.
  • Plano pedagógico com alternância entre exposições e exercícios práticos individuais.
  • Análise e discussão de situações específicas apresentadas pelos participantes.

Datas/Locais:

Início
Fim
Horário
Local
Se está interessado neste curso de formação, por favor, contacte-nos!




Gestão de projectos

Curso referenciado pelo PMI®

(são atribuídos 20 PDU’s para preparar ou manter a sua certificação)..

Programa:

1 – Projectos e Gestão de Projectos

  • Definição de Projecto.
  • Porque falham os projectos.

2 – Standards em Gestão de Projectos

  • Associações profissionais de Gestores de Projectos.
  • O “Project Management Body of Knowledge”.
  • Certificação em Gestão de Projectos.

3 – O “Gestor do Projecto”

  • O perfil do Gestor de Projectos.
  • Gestor de Projectos ou coordenação técnica de equipas de projecto.
  • A Gestão de Projectos como profissão.
  • Estruturas tipo Project Office.

4 – Definição de objectivos

  • Primeira etapa da abordagem do projecto.
  • Alvos, objectivos, requisitos, especificações.
  • Brainstorming.

5 – Metodologia da Gestão de Projectos

  • Ciclo de vida de um projecto.
  • Ciclo de vida da Gestão de Projectos.

6 – Definição de um projecto

  • Definição do âmbito detalhado.
  • Conteúdo da especificação de um projecto.
  • Estrutura do documento de especificação.
  • Definição de templates.

7 – Constituição de uma equipa

  • Pessoas, grupos e equipas.
  • O papel de liderança do chefe do projecto.
  • O líder técnico.

8 – Stakeholder Analisys

  • Gestão do risco.
  • Gestão da comunicação.

9 – Planeamento do projecto

  • Organograma de tarefas.
  • Definição das tarefas.
  • Duração de uma tarefa.
  • Estrutura do projecto.
  • Redes de projecto.
  • Pert/CPM.
  • Gráficos de Gantt.

10 – Início da execução do projecto

  • Criação de um plano base.
  • Acompanhamento da execução do projecto.
  • Reporting de desempenho.
  • Medição do avanço físico.

11 – Execução do projecto

  • Técnicas de controlo de execução.
  • Recolha de informação.
  • Alterações ao plano.

12 – Conclusão do projecto

  • Uma fase do ciclo de vida e não uma mera formalidade.
  • Relatório de conclusão.
  • Capitalizar resultados.

Dirigido a:

  • GP’s, Chefes de Projecto, Team Leaders.
  • Membros de equipes de projecto.
  • Responsáveis de novos produtos.
  • Responsáveis de Obras.
  • Responsáveis de projectos de investigação e desenvolvimento.
  • Dirigentes e Quadros Superiores chamados a participar em grupos de trabalho de um projecto.

Objectivos:

No final da formação o participante será detentor de técnicas e ferramentas necessárias a gestão corrente de projectos.

  • O conhecimento adquirido permitirá a aplicação correcta dos instrumentos de apoio ao planeamento de projetos sistematizada através de uma abordagem metodológica que permita a homogeneizar a informação em ambiente de projecto.
  • Conhecer as ferramentas informáticas existentes para melhorar o planeamento, organização e controlo dos projectos.

Métodos:

  • Abordagem às melhores praticas de gestão de projectos – IPMA e PMI.
  • Trabalhos práticos e exercícios para aprofundamento dos conceitos

Datas/Locais:

Início
Fim
Horário
Local
Se está interessado neste curso de formação, por favor, contacte-nos!




Liderar e gerir equipas de projecto

Formador com forte experiência na área e possibilidade de complementar a formação de equipas de projectos com o apoio informático.

Programa:

1. Passar do projecto “somatório de especialidade” a um projecto vivenciado como a “obra comum” de uma equipa

  • Especificação do projecto.
  • Arranque do projecto.
  • Fixar objectivos.
  • Redigir o caderno de encargos.
  • Redigir o relatório de início de projecto.

2. Posicionar-se numa organização por projecto e situar as suas margens de manobra

  • Organigrama de actividades.
  • Decompor o projecto em actividades coerentes.
  • Descrever de maneira exaustiva as actividades a executar.

3. A constituição da equipa

  • Formalizar a relação serviços/intervenientes/responsáveis do projecto.
  • Conduzir uma entrevista para associar um interveniente ao projecto.

4. O orçamento e o trabalho em equipa

  • Elaborar o orçamento inicial.
  • Características de uma equipa eficaz e suas fases de evolução.
  • Regras para uma delegação eficaz.

5. A negociação

  • Negociar para cooperar.
  • Preparar e conduzir uma relação negociada.

6. O planeamento

  • Construir um plano com método.
  • Analisar as restrições e durações e identificar o caminho crítico e as folgas.
  • Introduzir pontos de controlo.

7. O trabalho em grupo

  • Saber quando trabalhar em grupo.
  • Orientar com sucesso uma sessão de trabalho de grupo.

8. Conduzir reuniões de projecto

  • Organizar e conduzir eficientemente uma reunião de projecto.
  • Identificar os três tipos de reuniões: arranque, ponto de situação e plano de acção.

9. O controlo de execução

  • Obter dados sobre o trabalho executado e estimativas sobre o que falta fazer.
  • Analisar o progresso do projecto.
  • Reagir em caso de desvios face ao planeado.

10. Antecipar e gerir os desacordos e as situações conflituais

  • Reagir face a uma situação de conflito.
  • Identificar os tipos de conflito e conhecer as atitudes adequadas.
  • Lidar com comportamentos agressivos.

11. A contribuição pessoal

  • Potenciar os seus pontos fortes enquanto elemento de uma equipa de projecto.
  • Tomar consciência dos seus progressos.

Dirigido a:

  • Todos os colaboradores de uma empresa chamados a intervir como Responsáveis pela condução de equipas de Projecto.

Objectivos:

Uma formação que permite dotar os participantes:

  • dos conhecimentos necessários que permitam mobilizar, coordenar e fazer trabalhar em conjunto pessoas de serviços, de sectores, de funções diferentes sem dispor de autoridade hierárquica formal;
  • das competências necessárias ao exercício da gestão de equipas de projecto.

Métodos:

  • Esta formação privilegia uma pedagogia alternando os aspectos metodológicos com o treino prático.
  • Utilização de grelhas de análise e de diagnóstico para referenciar as práticas e os comportamentos.

Datas/Locais:

Início
Fim
Horário
Local
Se está interessado neste curso de formação, por favor, contacte-nos!