Back to Top
  • info@lbs.co.ao

Encerramento de contas - Luanda Business School

Encerramento de contas

Programa:

ABORDAGEM INTRODUTIVA – FUNDAMENTOS da CONTABILIDADE

  1. Conhecer as disposições gerais das DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS
  • Os utentes e as necessidades de Informação.
  • Os objectivos das Demonstrações Financeiras.
  • A responsabilidade pela preparação.
  • Os componentes das Demonstrações Financeiras.

2. Analisar a estrutura conceptual das Demonstrações Financeiras

  • Os atributos.
  • Os pressupostos.
  • Os princípios contabilísticos.
  • Critérios de Reconhecimento das Contas do Balanço.
  • Critérios de Reconhecimento das Contas de Resultados.
  • As Regras de Valorimetria.

3. Compreender os documentos inerentes à INFORMAÇÃO FINANCEIRA

  • O Balanço.
  • A Demonstração de Resultados por NATUREZAS.
  • A Demonstração de Resultados por FUNÇÕES.
  • A Demonstração dos Fluxos de Caixa.
  • A Origem e Aplicação de Fundos.
  • As 49 Notas Explicativas, preconizadas no “PGC”.

4. Interpretar as outras INFORMAÇÕES DE GESTÃO

  • O Relatório de Gestão.
  • O Relatórios do Conselho Fiscal.
  • O Relatórios de Auditoria.

5. Conhecer a NORMALIZAÇÃO CONTABILÍSTICA EM ANGOLA

  • As Fontes de Normalização.
  • A Normalização Internacional.
  • A Normalização Nacional.

 

ANÁLISE DAS OPERAÇÕES – FIM DE EXERCÍCIO

1.  Analisar as questões relativas aos meios FIXOS e INVESTIMENTOS

  • Conceitos Gerais.
  • Tipos de Investimento.
  • Valorimetria (generalidades).
  • Depreciações: métodos e bases de cálculo.
  • Cálculo de Mais e menos Valias.
  • A especificidade dos Investimentos Financeiros.
  • A equivalência Patrimonial.
  • Os contractos de “Leasing”.

2. Identificar todas rubricas das EXISTÊNCIAS

  • Valorimetria das Entradas e das Saídas.
  • O Reconhecimento dos Descontos Comerciais e dos Descontos Financeiros.
  • Os Sistemas de Inventário Permanente e Inventário Intermitente.
  • As Imparidades.
  • As diferenças de Stocks.

3. Avaliar as principais rubricas das contas a RECEBER E A PAGAR

  • As diferenças cambiais.
  • As imparidades.
  • As Letras de Câmbio.
  • Os encargos com Férias, Subsídios de Férias.
  • A retenção e o pagamento de impostos.
  • Os participantes e as participadas.
  • A periodização económica.
  • As provisões para Riscos e Encargos.

4. Conhecer o que compõem os meios MONETÁRIOS

  • As diferenças cambiais.
  • Os Depósitos Bancários.
  • Os Títulos Negociáveis.

5. Identificar qual a composição do CAPITAL E AS RESERVAS

  • A Realização do capital.
  • As Acções/Quotas próprias.
  • Prestações Suplementares versus Suprimentos.
  • Os Resultados Retidos.

6. Saber como se calculam os RESULTADOS

  • Os Proveitos e Ganhos por natureza.
  • Os Custos e Perdas por natureza.
  • Os Resultados OPERACIONAIS.
  • Os Resultados FINANCEIROS.
  • Os Resultados NÃO OPERACIONAIS.
  • Os Resultados EXTRAORDINÁRIOS.
  • O Resultado LÍQUIDO DO EXERCÍCIO.

Dirigido a:

  • Administradores, Directores Financeiros e Gestores Financeiros;
  • Contabilistas e Profissionais de gestão com responsabilidades nas áreas contabilísticas, financeiras e fiscais;
  • Controllers, Revisores e Auditores;
  • Outros interessados, nomeadamente, os demais colaboradores que exerçam funções nas áreas de marketing, estratégia, planeamento, recursos humanos e produção, entre outras.

Objectivos:

No final da acção, os participantes serão capazes de:

  • Avaliar e contabilizar os Activos Fixos tangíveis e os Activos Intangíveis.
  • Avaliar e contabilizar os inventários.
  • Aplicar o princípio da especialização dos exercícios (periodicidade económica).
  • Avaliar e contabilizar as imparidades em activos.
  • Contabilizar as provisões para riscos e encargos.
  • Avaliar e contabilizar aos activos e passivos financeiros.
  • Construir o balanço e a demonstração de resultados.
  • Compreender a importância da fiscalidade, a especificidade das suas regras estritas, legais e obrigatórias e os seus impactos directos, imediato e diferido, sobre os resultados da empresa e no controlo fiscal.
  • Saber estabelecer as relações entre a contabilidade e as incidências fiscais da empresa.

Métodos:

  • Expositivo – concretizado pela exposição dos conteúdos programáticos, com o objetivo da envolvência dos formandos nos temas propostos pela ação. (Os recursos para atingir tal objetivo são a visualização e análise de materiais de apoio às sessões e à ação que são disponibilizados aos formandos)
  • Interrogativo – para aferir a compreensão dos formandos sobre a matéria exposta.
  • Ativo – ligação do tema a factos reais, através da aplicação de casos práticos, o que incentiva a discussão entre os formandos e formador sobre os temas/casos apresentados.

Datas/Locais:

Início
Fim
Horário
Local

Se está interessado neste curso de formação, por favor, contacte-nos!