Back to Top
  • info@lbs.co.ao
 

1. FORMAÇÃO INTER-EMPRESAS

1.1 REQUISITOS DE ACESSO E FORMAS DE INSCRIÇÃO

Consulta e selecção dos cursos

  • Os cursos da LBS podem ser frequentados por qualquer pessoa (inscrita através da entidade empregadora ou como particular) que deve tomar em consideração a informação constante no programa divulgado pela LBS, nomeadamente os objectivos do curso e os destinatários.
  • Os cursos Inter-Empresas são divulgados através do Guia de Formação Anual, de ações promocionais e do site da LBS (www.lbs.co.ao).
  • Na Formação à Distância, a LBS utiliza a Internet como canal de distribuição. O cumprimento dos requisitos técnicos para os vários aspectos técnicos relevantes para a formação pode ser verificado automaticamente em http://files.cegos.com/computertest/pt-br/.
  • O custo por participante é mencionado junto ao programa de cada curso. Todos os preços são indicados sem inclusão do Imposto sobre o Consumo, que é apresentado à parte. O custo de cada participação inclui a participação na acção de formação, os coffee-breaks, os almoços (se expresso no programa), a documentação de apoio e o certificado de formação.
  • No que respeita à componente à Distância da Formação Inter-Empresas, o custo de cada inscrição inclui o acesso ao ambiente de aprendizagem online e todo o acompanhamento técnico-pedagógico necessário para realizar a formação com sucesso.
  • A LBS não procede à selecção dos participantes, identificando para cada curso a população-alvo a que se destina e definindo, sempre que pertinente, pré-requisitos para a frequência dos cursos.
  • Caso pretenda algum esclarecimento ou aconselhamento sobre a oferta LBS tem à disposição os nossos serviços através dos seguintes contactos info@lbs.co.ao, tel. 935 677 143 (9h00 às 18h00 de segunda a sexta).

Inscrição no curso

  • Para efectuar uma inscrição, pode:
    • Efectuar uma inscrição provisória, garantindo a reserva de lugar; Cerca de 2 semanas antes do início do curso, será solicitada pelos serviços LBS a confirmação do interesse e, em caso afirmativo, a formalização da inscrição definitiva.
    • Efectuar a inscrição definitiva utilizando a ficha de inscrição (enviar por e-mail, fax ou correio) ou o site da LBS.
  • O acompanhamento da inscrição é assegurado pelos serviços que prestam as informações necessárias para que cada curso decorra nas melhores condições.

Pagamento do curso

  • A factura é enviada ao cliente à data de confirmação da acção de formação.
  • O pagamento do direito de participação deve ser feito até à véspera do início da acção de formação por cheque ou transferência bancária (IBAN indicado na ficha de inscrição) à ordem de Luanda Business School – LBS, Lda
  • Todo o curso iniciado é devido por inteiro, sendo que, caso a formação se inicie com a componente online, tal considera-se a partir do momento em que é fornecido ao participante o login e a password de acesso à plataforma.

 

1.2 CONFIRMAÇÕES E CANCELAMENTOS DOS CURSOS

Confirmação, Adiamentos e Cancelamento dos Cursos

  • Cerca de sete dias antes da data de início do curso, será comunicada ao responsável pela inscrição/participante a decisão sobre a realização do curso.
  • A confirmação do curso será formalizada com o cliente/participante através do envio de uma informação com os seguintes elementos: Curso; Data; Horário; Local de realização; Factura em pdf.
  • Caso se verifique um número de inscrições superior ao pedagogicamente aceite, a LBS compromete se a desdobrar o curso, constituindo mais do que um grupo de formação.
  • A partir da nossa confirmação, salvo caso de força maior, a LBS garante a realização do curso na data prevista.
  • Excepcionalmente, a LBS poderá ainda propor aos participantes o adiamento do curso (alteração de datas). Neste caso os participantes confirmarão o seu interesse/disponibilidade para as novas datas, ficando a decisão de realização a cargo da LBS.
  • No caso de cancelamento ou adiamento do curso, a LBS compromete-se a devolver a importância cobrada ou a aplicá-la em outra inscrição.

Cancelamento de inscrições e substituições de formandos

  • A LBS aceita o cancelamento de inscrições até dez dias antes da data de início do curso, reembolsando então a totalidade do direito de participação pago.
  • As anulações de inscrições verificadas posteriormente darão origem ao pagamento de:
    • 50%, caso a anulação da inscrição seja feita entre 9 e 4 dias, inclusive, antes do início da acção de formação;
    • 75%, caso a anulação da inscrição seja feita entre 3 e 1 dia, inclusive, antes do início da acção de formação;
    • A desistência no própria dia, após o início da acção ou após a recepção do login e password implica o pagamento de 100% do valor do curso.
  • Os pagamentos referidos no número anterior são devidos em compensação das despesas administrativas efectuadas e prejuízos sofridos por cancelamento de última hora.
  • São permitidas as substituições de formandos, devendo o cliente comunicá-las por escrito à LBS preferencialmente 24h antes do início da formação.

 

 

2. FORMAÇÃO INTRA-EMPRESAS

  • Os objectivos, conteúdos e metodologia dos cursos, bem como as condições de prestação do serviço são definidos em propostas comerciais e acordados previamente com os clientes.
  • Os requisitos de acesso à formação, bem com as convocatórias dos formandos são efectuados pelo cliente.
  • As condições de funcionamento da formação poderão divergir das referidas no presente Regulamento sempre que tal seja previamente acordado com o cliente.

 

 

3. FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO

  • Os horários de formação e outras condições poderão ser ajustadas quando destinadas a melhorar a qualidade de desempenho dos grupos de formação, desde que haja um acordo explícito por parte dos formandos/cliente e seja garantida a qualidade do processo pedagógico.
  • No caso de ocorrerem circunstâncias imperativas podem ser efectuadas alterações ao cronograma, local ou horário, o que a acontecer, será comunicado atempadamente pelo formador ou pela LBS aos formandos/cliente.
  • No caso da formação inter-empresas, as desistências dos formandos ocorridas durante a acção de formação devem ser comunicadas por escrito à LBS. Nestas situações não haverá lugar para a devolução da importância paga, sendo o formando convidado a frequentar outra edição do curso.

 

3.1 DEVERES DE ASSIDUIDADE

  • A assiduidade dos formandos é verificada através da assinatura diária das folhas de presença.
  • Para efeitos de aproveitamento e emissão de certificado a participação do formando na acção deve ser superior a 75% da duração total da formação (ver ponto 6.1 do presente Regulamento). Caso a formação preveja outras regras, estas serão antecipadamente comunicadas aos formandos/cliente.

 

3.2 FORMAÇÃO À DISTÂNCIA

  • Na data de início de cada curso, os formandos recebem por email toda a informação necessária para aceder ao seu ambiente de aprendizagem online.
  • Após a criação do registo online, os formandos têm acesso contínuo ao ambiente de aprendizagem online desde o primeiro dia do curso até ao último.
  • O esclarecimento de dúvidas de carácter técnico e pedagógico está assegurado por email, com um prazo de resposta garantido de 1 dia útil.
  • Durante todo o percurso formativo os participantes são acompanhados por uma equipa de etutoria. Esta equipa irá intervir de forma pró-activa com os seguintes objectivos:
    • No início da formação:
      • Dar as boas-vindas aos participantes
      • Encorajar a entrada nos módulos
      • Esclarecer dúvidas técnicas
  • Durante a formação:
    • Dar feedback sobre o progresso individual e/ou colectivo
    • Intervir em caso de atraso na realização das actividades
    • Apoiar em caso de dúvida técnica ou de conteúdo
    • Motivar para o conteúdo e para o processo, ajudando na transferência das aprendizagens
  • No final da formação:
    • Fazer um balanço da formação
    • Recolher o feedback com vista à melhoria da formação

 

4. PROTECÇÃO DOS DADOS PESSOAIS

  • Na recolha e gestão de informação sobre os intervenientes na formação a LBS actua respeitando a protecção de dados pessoais.
  • Os dados pessoais cedidos pelos respectivos titulares destinam-se:
    • À organização e funcionamento da acção de formação, nomeadamente para efeitos de emissão de certificados de formação;
    • Ao processamento interno para efeitos administrativos, estatísticos e avaliativos;
    • À utilização para efeitos de auditoria, nomeadamente pelas entidades certificadoras como o INEFOP;
    • A eventuais acções comerciais por parte da LBS junto dos formandos e das respectivas entidades
      empregadoras.
  • A cedência de dados a outras entidades, para além das mencionadas, está sujeito à aprovação do titular mediante autorização específica.
  • A LBS garante ao titular dos dados a confidencialidade dos dados pessoais cedidos e reserva-lhe o direito de acesso, rectificação ou cancelamento dos mesmos.

 

5. CRITÉRIOS E MÉTODOS DE AVALIAÇÃO DA FORMAÇÃO

  • A LBS promove em todas as suas acções de formação a avaliação da reacção/satisfação dos formandos com o objectivo de aferir o seu grau de satisfação em relação à acção de formação e às condições em que a mesma decorreu. No final de cada acção de formação é solicitado aos formandos o preenchimento de um Questionário de Satisfação, cuja análise proporcionará à LBS informação sobre a percepção dos formandos relativamente à forma como decorreu a acção de formação, constituindo-se como um precioso auxiliar na procura permanente da melhoria das nossas prestações.
  • A LBS pode ainda promover, caso o programa de formação o preveja, a avaliação de aprendizagem com o objectivo de avaliar em que medida os formandos adquiriram os conhecimentos e as competências que concretizam os objectivos do programa. Com base na aplicação dos instrumentos (testes, provas, exercícios de simulação, etc.) e nas respectivas ponderações definidas no sistema de avaliação do curso, é atribuída ao formando uma classificação. Regra geral, para que se considere que o formando teve aproveitamento é indispensável que obtenha uma classificação igual ou superior a 50%. Caso existam outras regras, estas serão antecipadamente comunicadas aos formandos (inter-empresas) ou acordadas com o cliente (intra empresa). As regras para a emissão dos certificados são definidas no ponto 6.1 do presente Regulamento.

 

 

6. EMISSÃO DE DOCUMENTOS

6.1 CERTIFICADOS DE FORMAÇÃO

  • No final da formação os participantes terão direito a um certificado de formação.
  • Para a emissão dos certificados devem ser fornecidos à LBS dados pessoais dos formandos cuja recolha e processamento obedece ao disposto no ponto 4 do presente Regulamento.
  • Para a obtenção do certificado de formação os participantes deverão cumprir as seguintes regras:
    • Frequentar um mínimo de 75% do número total de horas da componente presencial da formação, caso aplicável;
    • Realizar mais de 75% das actividades da componente eLearning (módulos e respectivas avaliações), caso aplicável;
    • Obter mais de 50% na avaliação final, caso a formação tenha avaliação sumativa/de aprendizagens (neste caso o certificado fará referência à classificação obtida).
  • Poderão existir cursos em que as regras para a emissão dos certificados sejam distintas das definidas no ponto anterior ou de acordos prévios com o cliente (para a formação intra empresa).

 

6.2 OUTROS DOCUMENTOS

  • Conforme solicitado/acordado com o cliente, a LBS fornecerá os elementos necessários para integrar no Dossier Técnico-Pedagógico da acção de formação, nomeadamente:
    • O programa de formação;
    • O cronograma da formação;
    • A identificação dos equipamentos, materiais e recursos pedagógicos utilizados;
    • Os Curricula dos formadores;
    • Os planos curriculares / planos de sessão;
    • Os sumários e registos de presença;
    • Resultados da avaliação da formação (avaliação da satisfação do formando, provas ou testes realizados);
    • Relatório da formação
  • A pedido do cliente, a LBS emitirá as declarações e disponibilizará os certificados (Centro de Formação certificado, por exemplo) necessários;
  • A factura é enviada ao cliente à data de confirmação da acção de formação (formação inter empresas) ou no prazo acordado (formação intra empresa).

 

 

7. PROCEDIMENTO DE TRATAMENTO DE RECLAMAÇÕES

Para melhorar continuamente os seus desempenhos, a LBS considera essencial o feedback dos seus formandos e clientes.
Para além das avaliações de satisfação recolhidas no final de cada acção de formação, onde cada formando tem a oportunidade de se pronunciar sobre a experiência formativa registando a sua opinião, incluindo sugestões/oportunidades de melhoria e/ou reclamações, o formando pode ainda comunicar a sua (in)satisfação ao formador que a deverá registar e reportar internamente.
Para além do momento da formação, o formando/cliente poderá enviar à LBS, em qualquer ocasião, as suas sugestões/oportunidades de melhoria e/ou reclamações utilizando os seguintes meios:

A apresentação da sugestão/oportunidade de melhoria e/ou reclamações deve conter a identificação do formando, da acção de formação e a exposição da situação o mais completa possível com eventuais documentos ou evidências do motivo.
Qualquer sugestão/oportunidade de melhoria ou reclamação recebida é analisada pelo Director Pedagógico junto dos respetivos intervenientes.
No caso de reclamação expressa, que deve ser formalizada através dos contactos indicados acima, a resposta será dada num prazo de 48 horas após recepção da mesma.

 

 

8. DESCRIÇÃO GENÉRICA DE FUNÇÕES E  ESPONSABILIDADES NO ÂMBITO DA FORMAÇÃO

8.1 LBS (RESPONSÁVEIS E COLABORADORES DO SERVIÇOS DE FORMAÇÃO)

Direitos

  • Cancelar, adiar ou reagendar, por motivos alheios à sua vontade, as acções de formação planeadas no Guia de Formação, comunicando aos clientes com a devida antecedência;
  • Reter parte do valor da inscrição sempre que o cliente cancelar uma inscrição com menos de 10 dias antes da data de início do curso.

Deveres

  • Estabelecer formas eficazes de comunicação com os clientes/formandos, nomeadamente no que respeita a informação sobre a oferta e à organização da formação, incluindo procedimentos para o tratamento de reclamações;
  • Garantir o bom funcionamento das acções de formação que promove, prestando o adequado apoio pedagógico e logístico aos formandos, bem como respondendo a eventuais solicitações de carácter administrativo;
  • Criar e manter actualizados os Kits dos Cursos (programa de formação, plano curricular/sessão, identificação dos equipamentos e materiais pedagógicos necessários, recursos pedagógicos, instrumentos de avaliação, se aplicável);
  • Assegurar a confidencialidade, garantindo que tanto as informações de natureza confidencial fornecidas no decurso das acções de formação como as informações sobre processos, metodologias e instrumentos LBS e recursos pedagógicos utilizados são guardadas com o máximo sigilo;
  • Assegurar a protecção dos dados pessoais dos formandos (ver ponto 4 do presente Regulamento).
  • Assegurar a emissão dos certificados de formação (ver ponto 6.1 do presente Regulamento);
  • Manter completos e actualizados os Dossier Técnico-Pedagógicos das acções de formação;
  • Assegurar o tratamento adequado e em tempo oportuno das reclamações recebidas.

 

 

8.2 CLIENTE (ENTIDADE OU PARTICULAR RESPONSÁVEL PELO PAGAMENTO DA FORMAÇÃO)

Direitos

  • Ter acesso a informação clara e completa sobre a oferta da LBS, as regras de funcionamento da formação, incluindo o procedimento para o tratamento de reclamações;
  • Substituir um formando inscrito num curso, comunicando o facto à LBS preferencialmente 24h antes do início da formação;
  • Ser reembolsado pelo valor pago ou ter direito à transferência da inscrição (data alternativa ou outro curso e valor equivalente) no caso do curso ser cancelado ou adiado pela LBS (formação inter-empresas);
  • Ter acesso ao Dossier Técnico-Pedagógico da acção de formação que os colaboradores frequentaram.

Deveres

  • Prestar à LBS informação correcta e completa sobre a organização ou os formandos, nomeadamente para efeitos de inscrição definitiva do(s) participante(s), e comunicar eventuais alterações aos elementos fornecidos;
  • Garantir o bom funcionamento das acções de formação que organiza, assegurando um adequado apoio logístico a formandos e formador (formação intra empresa);
  • Efectuar o pagamento da formação nas condições acordadas.

 

8.3 FORMADOR

Direitos

  • Dispor de espaço, equipamentos, materiais pedagógicos e apoio administrativo e logístico necessários para realizar a acção de formação conforme planeado;
  • Ter acesso aos resultados da sua avaliação realizada pelos formandos;
  • Responder/contrapor a qualquer informação, avaliação ou reclamação que decorra do seu desempenho ou de acção praticada por si.

Deveres

  • Preparar a formação considerando os objectivos da formação, os seus destinatários, os conteúdos programáticos, os recursos pedagógicos preparados, o plano curricular/de sessão do curso, a metodologia proposta e o esquema de avaliação;
  • Antes de iniciar a acção, verificar a disposição da sala, os documentos e material pedagógico e o funcionamento do equipamento, informando de imediato sobre qualquer anomalia detectada;
  • Realizar a formação facultando os conhecimentos e meios necessários à facilitação da aprendizagem e adaptando os aspectos da metodologia/pedagogia que, no seu entender, facilitem o alcance das expectativas e objectivos dos participantes e/ou tenham em conta as características do grupo;
  • Garantir o bom funcionamento da formação e o cumprimento do Regulamento;
  • Assegurar que os elementos necessários para o Dossier Técnico-Pedagógico (sumários, presenças, avaliações, etc.) estão preenchidos, completos e correctos e entregar o processo ao secretariado de apoio à formação;
  • Assegurar a avaliação da satisfação pelos participantes, através da entrega das fichas de avaliação e da realização de uma volta de mesa após concluída a avaliação formal;
  • Entregar os certificados de formação, de acordo com as regras de assiduidade definidas;
  • Assegurar a confidencialidade, garantindo que tanto as informações de natureza confidencial fornecidas no decurso das acções de formação como as informações sobre processos, metodologias e instrumentos LBS e documentos e materiais pedagógicos utilizados são guardadas com o máximo sigilo;
  •  Reportar atempadamente ocorrências que possam prejudicar o bom aproveitamento da formação bem como outras situações (necessidades de alteração, sugestões de melhoria, eventuais sugestões/observações feitas pelos formandos) que considere pertinentes para melhorar as práticas formativas da LBS.

 

 

8.3 FORMANDO

Direitos

  • Frequentar a acção de formação na qual se inscreveu, de acordo com os conteúdos programáticos, as metodologias e o sistema de avaliação definidos previamente;
  • Ver esclarecidas as suas questões e dúvidas;
  • Receber a documentação da acção de formação que está a frequentar (recursos pedagógicos como manuais, documentos de apoio, exercícios, etc.) conforme aplicável e em formato acordado;
  • Ficar com os trabalhos efectuados no decorrer da formação;
  • Receber no final da formação um certificado de formação, desde que cumpra as regras de assiduidade e aproveitamento definidas (ver pontos 3.1, 5 e 6.1 do presente Regulamento);
  • Participar na avaliação do curso, nomeadamente através do preenchimento da ficha de avaliação existente para o efeito;
  • Apresentar ao formador ou a outros agentes da LBS qualquer sugestão/oportunidade de melhoria e/ou reclamação que considere pertinente no âmbito da sua relação com a LBS e principalmente no âmbito da acção de formação que frequentou (ver ponto 7 do presente Regulamento).

Deveres

  • Frequentar com assiduidade, pontualidade e empenho a acção de formação, visando adquirir os conhecimentos teóricos e práticos que lhes forem ministrados;
  • Realizar os testes / provas de avaliação de aprendizagem que lhes forem propostos durante o curso, caso aplicável;
  • Participar na avaliação do curso, nomeadamente através do preenchimento da ficha de avaliação existente para o efeito;
  • Assegurar a confidencialidade, garantindo que as informações de natureza confidencial fornecidas no âmbito da sua participação na acção de formação são guardadas com o máximo sigilo;
  • Cumprir as normas internas de funcionamento do curso e do local onde se realiza a formação.

20/02/2016